Green Group Argentina ganhador do Projeto do ano de 2022 nível Platina +94 em LEED HOMES, V4.1

Aug 15, 2022

Esta casa, que conta com uma variedade de sistemas de primeira linha, muitos dos quais são proporcionados pela Daikin Air Conditioning, pode ser considerada um exemplo de excelência em todas as áreas relacionadas ao impacto ambiental e à experiência do usuário em pequena escala residencial.

Kaust Villa, um novo marco no mundo LEED HOMES, V4.1 – Nível Platina +94

Com uma pontuação final de 94 de 110 créditos (a pontuação mais alta havia sido do Estados Unidos), Kaust Villa é agora uma das casas mais sustentáveis e eficientes do mundo. Faz parte de uma das 10 melhores casas pelo Green Business Certification Institute (junho 2022).

Kaust Villa (LEED Platinum Thuwal, Arabia Saudita): A casa é a primeira de uma série para a Universidade King Abdullah, que busca desenvolver um campus sustentável, eficiente e cômodo como princípios fundamentais. Ela almeja excelência em todas as áreas relacionadas contra o impacto ambiental e a experiência do usuário.  

A certificação LEED Platina é o primeiro sinal de sucesso de um planejamento minucioso junto com todo o trabalho de uma equipe eficiente. Equipe esta que transcendeu as barreiras internacionais durante a pandemia, envolvendo a BMA (Bodas-Miani-Anger) Arquitetos e Associados, em estudo com base na Argentina com três décadas de experiência em construção e, inúmeros prêmios e reconhecimento; Amarilla Engenharia, importante e reconhecida desenvolvedora radicada na Argentina, focada nas soluções de uma engenharia inovadora, eficaz, e de primeira qualidade; Arabia Saudita BAYTUR, parte da empresa de construção com certificação ISO reconhecida mundialmente; e Green Group Sustainability Consulting, sediada na Argentina e no Chile, com uma carteira de mais de 200 projetos certificados LEED, EDGE e WELL na América Latina; e mais de 10 anos de experiência no campo de construção sustentável.

O restante da recompensa virá do seu rendimento a longo prazo, campo chave da sua proposta. A Casa Kaust Villa, localizada em Thuwal, Arabia Saudita é a primeira de sua série para toda a Universidade de Ciência e Tecnologia King Abdulah (KAUST), que busca desenvolver um campus sustentável, eficiente e com o máximo de conforto em seu interior. Esta casa, que conta com uma variedade de sistemas de primeira linha, muitos dos quais são proporcionados pela Daikin Air Conditioning, pode ser considerada um exemplo de excelência em todas as áreas relacionadas ao impacto ambiental e à experiência do usuário em pequena escala residencial.

Essa eficiência memorável se conquista através de uma combinação de técnicas mais avançadas: condicionamento geotérmico, tratamento e reutilização de água condensada, aquecimento solar de água, os mais altos níveis de isolamento em toda estrutura do edifício e um sistema fotovoltaico conectado a toda rede. Tudo isso acompanhado de um desenho que se ajeita adequadamente ao seu entorno, com uma paisagem nativa, gestão eficaz tanto do uso de água quanto dos seus leitos, e redução do efeito de calor; conceitos que são chaves ao redor da Arabia Saudita. 

No entanto, todo este trabalho poderia ficar à sombra se não fosse acrescido com uma experiência interior igualmente relevante, especialmente para um projeto de campus que pretende criar um entorno e uma atmosfera de trabalho ou estudo perfeitos para seus residentes. Seguindo esta ideia, os sistemas de climatização são eficientes e, facilmente personalizados pelos seus usuários mediante tecnologias inteligentes, como a maioria dos sistemas da casa, assim se permite adaptar as condições interiores de acordo com as suas preferências.  

Mas como funciona esse sistema? A habitação está composta pela Unidade de Tratamento de Ar Daikin, de uma série Profissional, mediante a um sistema de geotermia passiva. Este esquema consiste em um sistema subterrâneo de tubulação, localizados em 18 poços geotérmicos diferentes, que se desfazem no solo proporcionando um meio de refrigeração de baixa demanda energética. O ar é fornecido a todos os espaços interiores, nos quais as diferentes Unidades de Interiores Daikin, série FXSQ-A, alimentadas por um sistema de ar-condicionado VRV IV (Volume de Refrigeração Varável) refrigerado por água, proporcionam meios de circulação e condicionamento ativo. Este sistema adicional permite aos usuários personalizar as condições previstas em cada casa, através de diferentes sistemas inteligentes, proporcionados por LOXONE, que se conectam a todos os sistemas dentro da casa para uma melhor experiência do cliente.  

A qualidade do ar também se preserva mediante diferentes estratégias, tanto no seu design arquitetônico quanto no seu sistema. Em particular, os sistemas de condicionamento também contam com filtros altamente eficientes, classificados em MERV 6 para fornecimento exterior e MERV 8 para reaproveitar a circulação. A humidade também se controla através do Acessório Daikin EKEQ, um sistema de monitoração que regula a ação da unidade de tratamento do ar para proporcionar níveis mais adequados de humidade no sei interior. 

Todas essas estratégias permitiram que o projeto acessasse 15 dos 16 pontos do LEED na categoria de Qualidade Ambiental Interior. Para isso se incluem os pré-requisitos de Ventilação, Ventilação de Combustão e Filtro de Ar, para o fornecimento de fluxos apropriados e a melhor qualidade do ar no interior; e os créditos de Ventilação Melhorada e Equilíbrio de Sistemas de Distribuição de Calefação e Refrigeração, que representam uma melhora geral por cima das linhas de base eficiente do sistema, assim como ótimos parâmetros de conforto.

E essa descrição geral não poderia estar completa sem uma ideia de seu sistema de energia solar. Com 120 painéis solares localizados em terraços e treliças, a casa KAUST consegue se converter em uma casa Net Zero, gerando mais energia do que na verdade se consome. Um sistema de bateria para respaldar os sistemas domésticos mais essenciais, a maior parte do excedente se reintroduz à rede, um meio fundamental para reduzir os custos operacionais em edifícios ecológicos. De acordo com a simulação energética final desenvolvida, a casa reduziu um 223% o uso da energia sobre as linhas base: a casa produz energia para 2,23 casas de mesma complexidade.

Este notável rendimento energético foi reconhecido por LEED através da categoria Energia e Atmosfera com 38 dos 40 pontos, a maioria dos quais dão conta desses resultados em simulações energéticas e diversas auditorias, como parte dos requisitos de Rendimento Energético Mínimo e Uso Anual de Energia. 

Desta forma, através das categorias de Qualidade Ambiental Interior e Energia e Atmosfera, KAUST conseguiu 94 dos 110 créditos em sua certificação LEED V4.1 Platina, do quais 53 correspondem ao seu design HVAC, mostrando a forte relevância dos sistemas de ar eficientes como base fundamental para a saúde e a sustentabilidade dentro do lar. 

A casa resultante consegue abordar em consequência todos os problemas dentro do seu entorno natural, especialmente em um ligar onde as condições podem ser mais extremas, superano as linhas de base do que hoje se considera eficiente e representando uma iniciativa para a criação de um campus e uma comunidade sustentável.